• (47) 3027-4588

Ronco

O ronco é o barulho produzido durante o sono, causado por obstruções nas vias aéreas, o que causa resistência à passagem do ar. Por conta do espaço mais estreito, é gerada uma vibração nos tecidos da garganta, que quando muito intensa, pode estar relacionada a distúrbios do sono, como a apneia.

O ronco afeta mais homens que mulheres e é bastante comum em pessoas idosas. É classificado em três níveis, conforme a intensidade, sendo I o mais leve e o III o mais intenso (quando se ouve do lado de fora do cômodo).

Causas

As causas do ronco estão relacionadas a:

  • Dormir de barriga para cima (decúbito dorsal)
  • Obesidade
  • Uso de medicamentos que provocam o relaxamento dos músculos da faringe
  • Consumo de álcool
  • Tabagismo
  • Resfriados e alergias
  • Asma noturna
  • Condições anatômicas, como desvio de septo, amídalas e adenoides hipertrofiadas, palato mole e úvula aumentados, queixo retraído, entre outras
  • Idade avançada

Tratamento para ronco

O tratamento para ronco varia conforme sua intensidade. Pode ter três abordagens:

  • Ajustes comportamentais: controlar a obesidade, corrigir a posição de dormir, mudar a medicação, tratar rinites e alergias e largar o tabagismo.
  • Método não-cirúrgico: uso de um retrator de língua para ajudar a manter a boca fechada. Para situações mais intensas, é recomendado o uso de CPAP - uma máscara que faz pressão para aumentar o fluxo de ar.
  • Método cirúrgico: intervenção cirúrgica nasal, no palato ou bariátrica.