Câncer de Pulmão

O câncer de pulmão se caracteriza por um tumor maligno nos pulmões, sendo o segundo tipo mais frequente de câncer na população brasileira (atrás do câncer de pele não melanoma). No mundo, é o primeiro tanto em ocorrência quanto em mortalidade. É uma das principais causas de morte evitáveis atualmente.

A incidência de câncer de pulmão vem caindo em todo o mundo desde os anos 1980 entre homens e desde a metade dos anos 2000 entre as mulheres. Esse resultado está diretamente relacionado às mudanças de hábitos referentes ao tabagismo, com redução do consumo do cigarro.

Existem dois tipos de câncer de pulmão:

  • Células pequenas: cresce rapidamente e migra para outros órgãos distantes, representa 10% a 15% dos casos;
  • Células não pequenas: se desenvolve mais lentamente, atinge 80% a 85% dos casos.

Causas

O tabagismo é o principal fator de risco para que o câncer de pulmão se desenvolva. É a origem de 85% dos casos. Mas existem outras causas importantes:

  • Exposição à poluição do ar
  • Infecções pulmonares frequentes
  • Deficiência ou excesso de vitamina A
  • Doença pulmonar obstrutiva crônica (enfisema pulmonar e bronquite)
  • Exposição a agentes químicos ou físicos, geralmente relacionados ao trabalho (arsênico, asbesto, sílica, urânio, cromo, níquel, entre outros)

A principal forma de prevenir o câncer de pulmão é evitar a exposição aos fatores de risco. A herança genética e a idade avançada também são agravantes, mas estes não são evitáveis.

Tratamento para Câncer de Pulmão

O tratamento para câncer de pulmão envolve diversos profissionais, como médico oncologista, cirurgião, pneumologista, radioterapeuta, enfermeiro, fisioterapeuta, nutricionista, assistente social, entre outros.

A partir do diagnóstico, é avaliada a possibilidade da realização de cirurgia para retirada do tumor. Além disso, são necessários tratamentos de quimioterapia ou radioterapia, ou os dois combinados. A escolha do tratamento envolve o quadro clínico do paciente, qual a extensão do tumor, se está localizado ou se já se expandiu para outros órgãos.